sup:Usando o QGIS no A4A

De Documentação

Usando o QGIS no A4A

QGIS é uma das ferramentas eleitas pelo Instituto AddressForAll (A4A) para efetivar seus propósitos e instrumentalizar a sua equipe e comunidade. É um software livre de SIG (sistema de informação geográfica) que, em particular:

  • Roda nos sistemas Ubuntu e Windows;
  • Abre arquivos GeoJSON e conecta com banco de dados PostreSQL.

A presente documentação tem como escopo apenas os elementos destacados em negrito.

Visualização de GeoJSON

Apesar de, nos primórdios, ser orientado a pequenos mapas, o formato aberto GeoJSON pode guardar grandes mapas, de modo que em geral será um arquivo gzip. A recomendação de uso do gzip e não zip é que pode ser descompactado progressivamente, sem gasto de memória (por exmeplo gzip -c file.geojson | process1 | process2). Ele é preferível ao formato ShapeFile por ser autocontido e utilizar uma estrutura em árvore ao invés de múltiplos arquivos tabulares. Dicas:

If you have a geojson file on your local hard drive or network and want to view/use it in QGIS, you can just drag and drop it from the Browser Panel into the Layers Panel or just double click on the file will add it to the Layers Panel.

Para o caso de URL também é simples, e este vídeo mostra cada passo.

Para garantir a visualização sobre um fundo adequado (satélite ou mapa OSM), basta ... ??

Conexão com server

QGIS com servidor online da AddressForAll... requer conexão SSH por segurança... e a técnica de "tunel"...

  • Acesso direto ao banco de dados: não é seguro, exceto talvez para áreas de "sandbox". São áreas temporárias e não aceitas como "de produção", pois a transferência de dados fica comprometida. No caso de visualização (read-only) requer configuração...
  • Acesso por protocolo de tunelamento seguro: envolve o uso do protocolo de acesso seguro, que atualmente é o SSH, ou seja, Secure SH tunneling. Pode ser muito pesado para a visualização de grandes porções de dados.

No Ubuntu

A conexão SSH por terminal e com tunelamento local pode ser feita usando os recursos do comando POSIX ssh, conforme instruções do seu Guia oficial OpenSSH/PortForwarding/Local Port Forwarding. Trata-se do SSH tunnel que fica registrado na sua máquina como localhost:port, também explicado nesta resposta AskUbuntu.

... Um tunel para usuário A4A:

ssh -L localhost:5432:localhost:5432 -o ServerAliveInterval=5 fulano@addressforall.org

QGIS-UsingTolls-box1.png
QGIS-UsingTolls-box2.png

... No QGIS, botão direito no PostGIS, nova conexão.

...

No Windows

Apesar do sistema operacional preferencial da A4A ser o Linux, para usuários finais é dada a opção de, em tarefas menos críticas, usar o Windows.

A visualização de dados por QGIS é uma destas tarefas, mas ainda assim se for conectar com o servidor online, são solicitados critérios adicionais de segurança e isolamento do Windows. Usuários Windows possuem a restrição de acesso apenas para leitura.

Como o Windows não tem um ambiente de sistema interoperável, seu terminal (tela preta DOS) não realiza as tarefas mínimas de interoperabilidade de sistemas abertos. A solução é usar uma das ferramentas complementares, que podem ser o antigo PuTTY ou o moderno MobaXterm, que oferece também SFTP integrado. Na A4A optamos pelo Moba.

...